Pastoral

Lucas 6:32-36

O Deus cristão que a Bíblia apresenta, comparado com os deuses de outras religiões, parece um Deus “mole e fraco”: ele perdoa, ele não usa a força para convencer, ele não se defende. O Deus cristão ajuda a todos, quer creiam nele, quer não. Uma pessoa nega a sua existência, outra o amaldiçoa, mas ele prossegue no firme intento de abençoar estas pessoas com a vida, família, trabalho, dinheiro, produção, amigos, etc.

A maioria das pessoas vive em uma constante inquietação, correndo de casa ao trabalho, do trabalho ao banco, do banco ao mercado, e assim vai. Quem mora em grandes cidades, sabe que o problema é agravado quando ocorre um acidente em uma via principal, quando ocorre uma greve ou até mesmo em tempo de intensas chuvas ocasionando até enchentes. Aí pára tudo.Diante de situações assim, perdemos a paciência, insultamo-nos mutuamente, nossos batimentos cardíacos aumentam e toda esta tensão pode resultar em problemas bem mais sérios.

© 2016-2017 IBNA Jundiaí. Todos os Direitos Reservados.

Search