Pastoral

Sou pescador, e imagino que certamente não há coisa mais frustrante do que um pescador passar a noite toda sem pescar um só peixe. Foi exatamente o que aconteceu com Pedro em Lucas 5. Quando Jesus chegou na manhã seguinte, ele estava indo para casa. Jesus entrou no barco de Pedro e mandou-lhe que remasse para longe da praia. Depois, disse a Pedro que lançasse a rede nas profundezas, a fim de pegar peixes.

Que Deus não permita que eu não perca o otimismo, diante dos momentos difíceis...

Que eu não perca a vontade de viver, mesmo sabendo que a vida é, em muitos momentos, dolorosa...!

Que eu não perca a vontade de ter grandes amigos, mesmo sabendo que, com as voltas do mundo, eles acabam indo embora de nossas vidas...

Pertencer, amar e compartilhar. Se tivéssemos que resumir o Reino de Deus em três palavras, talvez essas seriam as nossas escolhidas. Como é bom ser da família de Deus! Família essa em que fomos convidados a fazer parte e nós aceitamos. Jesus não arromba portas, mas Ele bate. Se você abrir e aceitar o seu convite, você passa a pertencer à família de Cristo. Uma vez dentro dessa família de muitos irmãos, Jesus nos ensina a amar: primeiro a Deus, sobre todas as coisas, depois ao próximo, como amamos à nós mesmos.

© 2016-2017 IBNA Jundiaí. Todos os Direitos Reservados.

Search