Pastoral

Parem de Lutar – Salmo 46:10

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

A maioria das pessoas vive em uma constante inquietação, correndo de casa ao trabalho, do trabalho ao banco, do banco ao mercado, e assim vai. Quem mora em grandes cidades, sabe que o problema é agravado quando ocorre um acidente em uma via principal, quando ocorre uma greve ou até mesmo em tempo de intensas chuvas ocasionando até enchentes. Aí pára tudo.Diante de situações assim, perdemos a paciência, insultamo-nos mutuamente, nossos batimentos cardíacos aumentam e toda esta tensão pode resultar em problemas bem mais sérios.

De fato existem situações em que não adianta lutar ou ficar inquieto. Não há solução na esfera humana, nada podemos fazer para minimizar as coisas. É nesta hora que precisamos parar de lutar – Salmo 46:10.

Precisamos descansar no Deus de nossas vidas.

Quando a doença se instala e tudo já foi feito por nós, quando as dívidas nos sufocam, quando nossos filhos saem e não sabemos onde andam e nem o celular eles atendem, quando as drogas roubam nossas crianças, quando o desemprego nos alcança, enfim, quando não estamos no comando das coisas, é chegada a hora de parar de lutar.

Diz o texto: “Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus”. Aprendamos descansar naquele que pode mudar tudo em todos e em todo o tempo.

Sua vontade é e sempre será boa, perfeita e agradável.

Fácil não é! Porém, precisamos para o nosso próprio bem e também daqueles que tanto amamos, depender mais de Deus.

Muitas vezes nos matamos física e emocionalmente em lutas que não nos pertencem lutar, pois, as mesmas deveriam ser entregues nas mãos do Deus realizador, provedor, protetor.

Aquele que livra, abençoa e restaura as forças. Aquietai-vos e sabei que eu sou Deus – diz o Senhor.

Experimente!

Com carinho e zelo por sua vida.

 

© 2016-2017 IBNA Jundiaí. Todos os Direitos Reservados.

Search